Início Música Online O ABC do Preconceito – Azagaia

O ABC do Preconceito – Azagaia

Música O ABC do Preconceito do rapper moçambicano Azagaia

Letra

A

África, terra de doenças e guerras

Muito calor, sexo pobreza e ferras

Ciências diz que é onde surgiu o primeiro homem no mundo

O Homem diz que é onde fica o terceiro mundo

B

Branco é o mulungo, patrão, Deus do africano

Ele está sempre certo porque o erro é humano

Tem os cabelos de Jesus e a cara do dólar

Ta sempre do outro lado da mão preta que pede a esmola

C

Chefe é o dono da curva da felicidade

Da barriga que é maior que o pénis levantado

É o dono do salário, logo é o dono da verdade

Não admite o contrário, não pode ser contrariado

D

Dinheiro é unidade de medida dos homens

Quanto mais dinheiro tem mais importantes os seus nomes

É a única língua em que todos se entendem

E os que não falam a língua os outros não os compreendem

E

Estrangeiro rima com dinheiro

É por isso que o nosso povo é muito hospitaleiro

É o que chega em segundo mais é tratado como o primeiro

É o que chega pedreiro e sai empreiteiro

F

Feitiçaria é doença dos pobres

Africanos e latinos com inveja nos olhos

É a explicação para perdas e mortes

É também a explicação para a riqueza dos fortes

G

Governo tem sempre a culpa quando é o povo quem julga

Mais povo tem memória curta, a sentença não executa

Governa o partido com maioria absoluta

É uma instituição naturalmente corrupta

H

Homossexual é um ser anormal

Enteado de Deus, filho legítimo do mal

Vergonha dos pais e da família no geral

É fruto da colonização cultural

 

Refrão

ABCD…

 

I

Gualdade só existe na matemática

Nos direitos humanos que não se aplicam na prática

Homens são todos iguais segundo a ciência

Mas basta vir o dinheiro para mostrar a diferença

J

Juventude é aquela fase da vida

Que só quando é abusada é que se diz bem vivida

Junta romance, tv, festa e bebida

Oferece à juventude e depois chama-lhe perdida

L

Licenciado ou seja, sr. doutor

Mais que formação significa salário superior

Significa ver tradições como coisa ridícula

Que não se enquadram nos padrões modernos de vida

M

De mulato, que não tem bandeira

Se for homem é ladrão, se for mulher é pistoleira

Pode até ser Dos Santos como Marcelino

Mas pagará pelo pecado de não ser preto genuíno

N

Negro, ou se preferirem preto

Se a vítima é o predicado, preto é o sujeito

O que tem de talento para música e para o desporto

Tem de exibicionismo e inveja do outro

O

NGs sempre com boas intenções

Aqui deve ser o inferno, ta cheio dessas organizações

Oferecem boas condições e pagam em dólares

Dão mais esmola para acabar com nossas molas

P

De pobreza absoluta

A 37 anos que é a razão da nossa luta

Preto e político, mentiroso, filho da luta

A 37 anos que enriquece à nossa custa

Q

Quarto de pensão agora é quarto de motel

Lugar discreto que se paga para se ser infiel

E não precisa esconder o anel

Quem disser que lá te viu provou do mesmo mel

 

Refrão

ABCD…

 

R

Religião é a suruma do povo

O fumo que nos faz acreditar de novo

Na velha promessa de uma vida melhor

Quando entregamos ao pastor o fruto do nosso suor

S

Seropositivo, de positivo só o nome

Foi ao bicho com muita fome agora é o bicho que lhe come

Tratado como lixo até que nisso se transforme

E mais que a doença é isso que lhe consome

T

De tradição que é para gente suburbana

Mas quando chega o desespero todos vamos à cabana

Tradição que é para gente sem escola

Mas se é necessário uma missa somos gente sem escolha

U

S.A ou se quiserem EUA

Estados Unidos da América, melhor não há

A super potência que o mundo controla

Então Bachir ficou na merda quando alguém bufou lá

V

De valor que muitos confundem com preço

Pessoas com valor não se vendem por nenhum preço

Isso não me impede de pedir o cache que mereço

É que o pão para alimentar a minha vida tem preço

W

World Wide Web, ou seja internet

Rede de pornografia, pirataria que reflecte

Os negócios que nunca irão à falência

Drogas, sexo e violência

X

Xenofobia é a justiça popular

Quando o pão sobe de preço alguém vai ter que pagar

E geralmente é um irmão da mesma cor

Que paga o nosso desespero sangue e suor

Z

Zimbabwe, ontem o celeiro de África

Hoje é a capital da inflação e da governação trágica

E já matou milhares de inocentes

Condenados por contestarem os seus dirigentes

62 COMENTÁRIOS

  1. Moz. precisa de mais Azagaias no dia em que tivermos mais 2 porque ja temos 2 o Azagaia e a mama Alice Mabote, dizia que no dia em que tivermos mais 2 ai sim nao iremos olhar de forma pavida e serena os abusos que eles cometem contra o povo, sei que ha muitos Azas por ai mas no anonimato isso e cobardia, acorda Moz. acorda Moz.

  2. Azagaia Falou tudo, Carlos Alberto veja 🙂 😉 (y) gosto

  3. azagaia vc é maximo pra mim és melhor musico da africa canta a verdade continuas assim abrindo olhos e ouvidos de muita gente força meu irmao, adorei teu trablhoo…

  4. Eu gosto muito das sua musicas, so que algumas nao esto a conseguir baixa para meu PC, oque eu posso fazer, se puder enviame via WHATSAPP me 843555807

  5. Mano azagaia gostei muito da letra mais força para envergonharmos aqueles que dizem moçambique nao existem pessoas que sabem cantar

  6. homens como esse só deus sabe e muita sapiência ,no mundo da analogia e necessário entender as letras,ou bem dizer as iniciais,somos sempre amante da consciencia por mais dinheiro que existir não vão comprar a nossa forma de banze lar…work to gueda.

Comments are closed.